Blefaroplastia Para Resolver o Problema das Olheiras

Blefaroplastia Para Resolver o Problema das Olheiras

As tão temidas olheiras apareceram por aí? Nós mulheres travamos uma luta diária com elas, usando corretivo, base e pó para cobrí-las, apelando para receitas caseiras, tentando disfarçá-las de todo jeito, não é mesmo? Felizmente há soluções na área da cirurgia plástica para resolver esse problema e é sobre isso que eu conversei com o Dr. Pablo Huber, Cirurgião Plástico e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, para tirar todas as dúvidas.

Olheiras Blefaroplastia Dr Pablo

Por que as olheiras aparecem?

Segundo o Dr. Pablo, as olheiras são constituídas por três fatores: deficiência de volume da região, alteração da coloração da pele e flacidez. Noites mal dormidas, cansaço, estresse, hereditariedade, também são causas para o aparecimento delas, que fazem nosso semblante ficar com aspecto cansado e abatido.

Cirurgia plástica nelas!

A Blefaroplastia, cirurgia indicada para esses casos visa restaurar os três fatores citados acima, pois quando se trata a flacidez e o volume, a coloração da pele melhora indiretamente. Pessoas que além das olheiras possuem bolsas de gordura na região abaixo dos olhos, também podem optar pela cirurgia plástica.

O Dr. Pablo explica mais sobre a Blefaroplastia, “esse procedimento cirúrgico irá retirar o excesso da pele e as bolsas de gordura, pois geralmente as pacientes que tem flacidez na pálpebra inferior, a área até a bochecha está aprofundada e bem marcada, formando um sulco. Durante a cirurgia é retirado o excesso de pele e músculo flácido e, na maioria dos casos ao invés de ressecar as bolsas de gordura, se faz um reposicionamento para que elas preencham a falta de tecido da região”.

Tem outro método que seja eficaz?

Caso a paciente não queira se submeter a uma cirurgia plástica como a Blefaroplastia, a indicação do Dr. Pablo é optar por tratamentos superficiais, mas que garantem um excelente resultado. Trata-se a flacidez da pele com radiofrequência fracionada (em torno de 5 sessões) e após isso é feito o preenchimento da depressão que há nessa região com ácido hialurônico.

Esse ácido estimula a produção de colágeno e diminui a transparência da pele naquele local, que é o que possibilita a visualização dos vasos sanguíneos roxos. É uma ótima saída para quem busca uma solução rápida e muito eficaz.

Pare de tentar disfarçar e mascarar as olheiras com maquiagem e procure um cirurgião plástico de confiança para resolver esse problema de maneira segura e eficiente. Assim você faz as pazes com seu rosto e fica ainda mais linda!

O Dr Pablo Huber atende em Curitiba/PR. Para maiores informações, siga-o nas redes sociais aqui e aqui e agende uma avaliação através do telefone (41) 3077-1001 ou Whatsapp (41) 99245-1504.


Dicas de decoração para sua casa: ambientes internos e externos

Dicas de decoração para sua casa: ambientes internos e externos

Banheiros pequenos

Os banheiros pequenos precisam de atenção na escolha de materiais de projeto, desde os revestimentos até os materiais de pedra, cuba, vasos e demais itens. Em apartamentos e empreendimentos recentes, o espaço restrito requer truques de decoração que facilitem o dia a dia dos moradores, além de proporcionar maior amplitude visual. Veja algumas tendências de materiais para banheiros
Pastilhas hexagonais
banheiro com pastilhas hexagonais

banheiro com pastilhas hexagonais

As pastilhas hexagonais chegaram com tudo no mercado e cada vez mais são adotadas pelos projetos brasileiros, não somente no banheiro, assim como em cozinhas e áreas de serviço. O formato hexagonal é um charme e pode deixar seu banheiro ainda mais incrível.
Azulejo subway tiles
banheiro com azulejos

banheiro com azulejos

Outra forte tendência que remete a projetos do exterior com o estilo industrial são os azulejos de metrô. Eles tem uma aparência descolada e ao mesmo tempo uma pegada vintage, a cor mais popular do item é o branca. Confira outras 10 dicas para deixar o seu banheiro um charme conforme já postei no blog.
Veja aqui mais dicas e inspirações para a decoração de banheiros pequenos

Áreas externas

Pergolado
Com a tendência de aproveitamento de áreas externas nas residências, surgiram os espaços de lazer e áreas de convivência nos novos projetos e empreendimentos. Os ambientes externos são equipados cadeiras, mesas e outros móveis que ficam expostos a chuva e a luz solar. Um grande recurso para proteger estes móveis e ainda cultivar plantas é com o uso do pergolado.
O pergolado pode ser feito com diversos materiais, o mais popular deles é a madeira, mas também podemos encontrar o item feito com bambus e concreto. O cultivo de plantas sobre a estrutura protege ainda mais o espaço e a cobertura também pode ser feita com outros materiais.
Pergolado de madeira com plantas

Pergolado de madeira com plantas

 Pergolado em área externa

Pergolado em área externa

Decoração da área externa de uma residência

 
Ao projetar uma residência e escolher os itens de uma fachada, é importante se atentar a escolha de materiais que representem o estilo arquitetônico do projeto, assim como a sua durabilidade, qualidade e estilo visual.
Uma forte tendência é a utilização do aço corten. O material é altamente durável: a sua aparência enferrujada é o que garante a durabilidade do material na área externa. Além disso, o custo de manutenção é muito baixo em comparação com a madeira, pintura e outros materiais
Residência com aço corten

Residência com aço corten

E para quem quer trabalhar uma área externa de uma residência, desde a hora de concepção do projeto, assim como outras inspirações de áreas externas, vale a pena conferir as dicas de fachadas de casas do site Decor Fácil e continuar navegando por outras páginas para ver outras referências de projetos e dicas de decoração.

Botox e Preenchimento Facial

Botox e Preenchimento Facial

BOTOX E PREENCHIMENTO FACIAL

Eliminar rugas e alterar o contorno da face: os procedimentos menos agressivos e mais indicados

Devolver ao semblante a vida e a jovialidade ou corrigir traços da face que possam incomodar não são metas difíceis se colocadas nas mãos certas. Procedimentos como aplicação de Botox (toxina botulínica) ou preenchimento facial podem oferecer bons resultados para quem quer parecer um pouco mais nova, sem rugas nem marcas de expressão no rosto.
Tantos as rugas dinâmicas, que aparecem quando movimentamos os músculos da face, quanto as estáticas, vistas mesmo com o rosto relaxado, podem ser amenizadas com esses dois tratamentos estéticos.

Toxina botulínica (Botox®)

A aplicação da toxina botulínica (Botox®) é feita com microagulhas que injetam a substância dentro do músculo. Médico e paciente conversam e decidem os pontos em que a aplicação será realizada. É o procedimento mais indicado para suavizar o chamado “código de barras”, que são aquelas marcas horizontais na testa e também o “pé de galinha”, linhas de expressão no canto dos olhos. A toxina botulínica (Botox®) também é usada para diminuir o excesso de suor na axila, mãos e pés.

Preenchimento facial com ácido hialurônico

O preenchimento facial pode ser usado para aumento labial, olheiras, rugas faciais, naqueles sulcos em volta e um pouco acima dos lábios, o chamado “bigode chinês”, assim como para aumento do queixo ou de outros pontos para deixar o rosto mais harmonioso. O procedimento é feito com aplicação do ácido hialurônico, que é natural do corpo, mas que se perde ao longo do tempo. A pele jovem é mais firme, lisa e elástica porque contém muito desse ácido. Aumenta o colágeno e é responsável pelo volume da epiderme.

Aplicação cuidadosa e resultado final satisfatório

Pela natureza delicada desses procedimentos, é importante que sejam feitos por profissionais de excelência. O cirurgião plástico é um profissional que tem profunda experiência com a anatomia da face.
Procurei o Dr. Pablo Huber porque estava com marquinha na glabela (aquela região logo acima do nariz), com sobrancelhas levemente caídas e tinha um pouco do vinco do “bigode chinês”. Como trabalho com beleza e comunicação, faço muitas fotos e vídeos, isso me incomodava.
A experiência com o Dr. Pablo foi excelente, ele foi super cuidadoso. O preenchimento do “bigode chinês” e região labial acaba sendo meio dolorido, mas ele aplicou anestesia local e foi bem tranquilo.
Na aplicação do Botox na testa, não precisei de anestesia, mesmo nas ruguinhas perto dos olhos não doeu tanto. Foi fantástico. Fizemos a manutenção do procedimento 15 dias depois. Já tinha me agradado muito o resultado, ainda assim, ele achou que uma sobrancelha estava um pouco mais levantada que a outra e fez a simetria. Ele trabalha com a perfeição, tanto no procedimento, quanto no resultado final e fiquei muito feliz.
botox-preenchimento-facial-dr-pablo-huber

No dia do botox e do preenchimento. Um pouco inchada e com pontinhos das aplicações.

Para quem quiser ficar com o rosto mais jovem, ou – o que indico – ir trabalhando a prevenção de marcas de expressão e rugas, recomendo muito os trabalhos Dr. Pablo.
botox-preenchimento-facial-dr-pablo-huber

Resultado final depois de uns 20 dias após as aplicações. Sem marcas nem rugas de expressão.

Se tiver alguma dúvida, entre em contato pelo telefone (41) 3095-2791 | Whatsapp (41) 9186-2791 ou deixe seu comentário no post. Para conhecer mais dos trabalhos do Dr Pablo acesse o site aqui ou no Facebook e Instagram

Tudo Que Você Precisa Saber Sobre Próteses de Silicone

Tudo Que Você Precisa Saber Sobre Próteses de Silicone

Colocar próteses de silicone é a saída mais comum para quem quer aumentar o volume dos seios, seja por vontade própria ou para reparar danos estéticos provocados por cirurgias de redução das mamas. Mas, é bem nessa hora que surgem aquelas dúvidas na cabeça de quem está pensando em dar aquela elevada na harmonia corporal ou mesmo reconstruir o que lhe foi tirado em função de alguma enfermidade. Com objetivo de esclarecer de forma rápida e objetiva algumas destas indagações tão corriqueiras, batemos um papo com o cirurgião plástico Dr Pablo Huber sobre este tema específico. Seguem os pontos mais relevantes quando o assunto é implante.

Proteses_Silicone_seios_Pablo_Huber_Curitiba

Qual o tamanho adequado da prótese de silicone para os seios?

O volume a ser colocado deve ser planejado no pré-operatório junto com seu cirurgião. Essa escolha não é feita de forma subjetiva. É necessário realizar a medição da mama para determinar o volume máximo do implante. Após tirar as medidas, a paciente coloca um sutiã especial que possui alguns moldes inseridos. O cirurgião consegue verificar se o volume desejado é compatível com as medidas da base mamária que irá comportar a prótese.

Como é feito o procedimento?

As próteses de silicone podem ser colocadas de três formas diferentes:

  • Subglandular: a prótese é colocada embaixo da glândula mamáriaa.
  • Submuscular: a prótese é colocada por detrás do músculo peitoral.
  • Subfascial: a prótese é colocada por baixo de um tecido muito fino que reveste o músculo.

Mamas caídas, dá para remodelar?

A mastopexia é um procedimento que corrige as mamas caídas, remodelando-as. O cirurgião precisa remodelar os seios a partir de pontos de aproximação dos tecidos. Se esse tecido tiver pouca densidade, o resultado pode ser perdido ou durar pouco, daí a importância de associar-se a inclusão de implantes de silicone para melhorar a sustentação.

Por que fazer colocação de prótese após mamoplastia redutora?

A principal vantagem dessa cirurgia plástica em relação a mamoplastia redutora sem colocação de prótese, na qual somente é retirado tecido mamário e reconstruído um seio menor, é que com o implante de silicone os resultados se mantém por mais tempo. As mamas ficam com “colo” mais realçado por um período prolongado, diferente da redução de mamas sem implantes, que pode não se manter por um período longo de tempo.

Qual o prazo de validade das próteses?

Antigamente falava-se muito na “Regra dos 10 anos” devido ao fato de serem utilizadas próteses mamárias lisas e elas terem um índice de contratura capsular, ou o popular encapsulamento da prótese, de 100% em 10 anos. Com as próteses texturizadas, a incidência de contratura capsular caiu para 5% em 10 anos (isso falando em próteses colocadas em cima do músculo). Não existe uma regra rígida quanto tempo a paciente precisará trocar a prótese. Outras indicações para troca são: perfuração do implante, a insatisfação da paciente caso ela mude o seu conceito de estética ao longo do tempo. A troca só é realizada após um período de 20 anos, por exemplo, caso a paciente não esteja mais satisfeita e os exames indiquem perfuração ou contratura capsular.

O que é contratura capsular?

A contratura capsular pode ser formada a partir de qualquer coisa que esteja ao redor do implante e induza a formação de fibrose, hematomas não drenados, contaminação subclínica na hora da colocação do implante. Aí temos a importância do cuidado do cirurgião na hora de colocar o implante, cuidado com a hemostasia (coagulação dos vasos sanguíneos) e também a atenção para evitar a contaminação. O plano submuscular possui menor índice de contratura capsular, por ser uma plano mais vascularizado e se houver uma micro contaminação é possível que a bactéria seja eliminada mais facilmente. No plano subglandular, as próteses lisas, têm formação de contratura capsular em 10 anos devido a características tridimensionais de deposição de colágeno ao redor do implante.

Não deixe de fazer o acompanhamento com seu cirurgião e sempre pesquise a seriedade do profissional antes de se submeter a uma cirurgia.

Para saber mais informações o Dr Pablo atende na Av. Silva Jardim, 3888, Seminário – Hospital Union e também nas redes sociais: facebook e instagram.


Rinoplastia Corrige Aspectos Estéticos do Nariz e Harmoniza o Rosto

Rinoplastia Corrige Aspectos Estéticos do Nariz e Harmoniza o Rosto

A relação que temos com nosso rosto é algo forte. Nos olhamos no espelho constantemente e com a era dos selfies e stories, temos a tendência de ficar vendo e revendo nossa imagem ao longo do dia. Você pode ser daquele tipo de pessoa que não tem do que reclamar do seu rosto, ou melhor, do seu nariz, mas não é assim com todo mundo. É por esse motivo que surgiu a rinoplastia, a cirurgia plástica indicada para quem deseja fazer algum tipo de correção estética no nariz.

rinoplastia Dr Pablo

Este procedimento dá ao paciente inúmeras possibilidades, sendo possível através da rinoplastia aumentar ou diminuir o nariz, dar projeção à ponta, ou mesmo diminuir a projeção da ponta, afinar as asas nasais e diminuir a giba óssea (“osso” ou “calo” do nariz). Muitas vezes, ela pode ser associada a outros procedimentos nasais, como a correção do desvio do septo nasal e a retirada de parte dos cornetos nasais, popularmente conhecidos como “carne esponjosa”.

“A recomendação é que o procedimento seja feito a partir dos 15 anos de idade, pois o desenvolvimento facial da pessoa já está concluído”, ressalta o cirurgião plástico, Dr Pablo Huber.

Ao todo existem duas técnicas genéricas que podem ser utilizadas na rinoplastia: a exorrinoplastia (aberta) ou a endonasal (fechada).

“As duas técnicas podem ser utilizadas, vai do critério do cirurgião plástico. Em meus pacientes costumo utilizar mais a técnica exorrinoplástica por sua melhor precisão na correção estética do nariz do paciente”, explica Huber. Na técnica aberta é feita uma pequena incisão na base do nariz, entre as narinas, e na parte interna de cada narina.

Diferente do consenso popular, nem sempre é necessário fraturar o nariz ao se fazer uma rinoplastia. A fratura só acontece mediante avaliação prévia durante o exame físico e sempre com o intuito de diminuir o ossinho do nariz ou ainda a base alargada. Quando o paciente também sofreu algum tipo de fratura prévia que entortou o nariz, a fratura também pode ser necessária para ajustá-lo.

rinoplastia Dr Pablo

E depois, como é o pós-operatório?

A cirurgia de rinoplastia dura aproximadamente 2 horas e para a cicatrização no nariz é utilizado um plástico enrijecido, que fixa melhor, é mais higiênico e permite que o nariz fique imóvel por mais tempo.

“Os curativos são mantidos por 2 semanas, sendo que em sete dias deve ser utilizado somente o plástico e nos outros sete somente com o uso da fita adesiva porosa”, explica.

O cirurgião também usa “splints” nasais de silicone para substituir os populares tampões. A grande vantagem é que, pelo fato de os splints possuírem um orifício, como um caninho, o paciente respira normalmente e mantém as vantagens do uso do tampão, ficando os splints por mais tempo, em geral 2 semanas.

De acordo com o cirurgião, é comum que a respiração fique um pouco mais difícil no começo devido ao inchaço após retirada dos splints. Esse problema pode ser resolvido com o uso de descongestionantes nasais indicados pelo cirurgião. A alimentação também deve seguir um padrão para facilitar a recuperação da região, que estará mais dolorida e inflamada. Por, pelo menos, sete dias, o alimento pastoso é o mais indicado, já que os alimentos duros exigem uma mastigação mais forte e podem gerar incômodo.

O repouso deve ser mais intenso nos primeiros sete dias e moderado após o 15º dia. Depois desse período, o paciente já consegue voltar ao trabalho e à rotina, porém a prática de exercícios fica vetada de 2 a 3 meses após a cirurgia para total recuperação do nariz.

Viu? Melhorar a estética do nariz é simples, mas deve ser feita com um cirurgião de sua confiança e que preze pela proporção e simetria facial do seu rosto. Antes de qualquer procedimento, tire todas as suas dúvidas e converse bastante com seu cirurgião até chegarem a uma solução harmoniosa e que atenda a sua vontade.

Dr Pablo Huber atende na Av. Silva Jardim, 3888. Siga-o nas redes sociais: facebook e instagram.


Lipoaspiração e Vibrolipo: Tudo Que Você Precisa Saber

Lipoaspiração e Vibrolipo: Tudo Que Você Precisa Saber

Guia da Lipoaspiração: o que é, quem pode fazer e muito mais

Se livrar daquelas gordurinhas indesejadas é sonho de homens e mulheres e com a chegada do inverno, a lipoaspiração aparece como uma das cirurgias plásticas mais procuradas. Existem algumas dúvidas quanto a esse tipo de procedimento e alguns mitos surgiram ao longo dos anos. Por isso, conversamos com o cirurgião plástico Pablo Huber sobre o assunto com o objetivo de explicar para vocês tim-tim por tim-tim sobre o que é a lipoaspiração e o que esperar dela, caso esteja com vontade de fazer esse tipo de procedimento.

vibrolipo e lipoaspiração.

O que é a lipoaspiração?

Em primeiro lugar, é importante destacar que a lipoaspiração é um procedimento cirúrgico e isso significa que, como toda cirurgia, há a aplicação de anestesia e incisão no local a ser operado. Ela é indicada para aquelas pessoas que têm acúmulo de gordura localizada, e não para os casos de obesidade que exigem outros cuidados e tratamento específico. Com a lipoaspiração, a pessoa consegue retirar esse acúmulo de gordura em áreas específicas e consegue um melhor contorno corporal.

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica determina um limite de segurança para a retirada de gordura do paciente, sendo de apenas 7% do peso corporal e não podendo se passar disso.

mapa da lipoaspiraçao

Quem está apto a fazer?

O Conselho Federal de Medicina especifica que a lipoaspiração é uma cirurgia de especialidade da cirurgia plástica e impõe a necessidade de formação cirúrgica ao médico. Sendo assim, apenas cirurgiões plásticos estão devidamente capacitados para realizar esse tipo de procedimento de forma segura.

“É importante salientar esse ponto, pois os riscos à vida do paciente se tornam reais quando esse tipo de procedimento não é realizado por um especialista e dentro de um ambiente hospitalar seguro. Muitos dos problemas vistos ao se realizarem a lipoaspiração estão no fato de outros profissionais não capacitados estarem realizando a cirurgia, sem o conhecimento adequado”, explica Pablo.

Um modo bem simples e eficaz de comprovar a especialização do médico é conferir se ele faz parte da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Como é feita a lipoaspiração?

Para início do procedimento, é feita uma pequena incisão na pele para a entrada da cânula. No local, é injetado com um tipo de agulha com ponta romba (não cortante) uma solução composta por um tipo de soro fisiológico – que ajuda a aumentar o volume da gordura, adrenalina – para redução do sangramento, e um anestésico local para não haver dor.

Após a solução injetada agir no local, o cirurgião introduz uma cânula para a aspiração da gordura. Essa cânula é o que diferencia os diferentes tipos de lipoaspiração, sendo que de acordo com a escolha do médico, a técnica para a realização da aspiração pode mudar.

De acordo com o Dr. Pablo, a gordura retirada da lipoaspiração pode ser preparada e utilizada para injeção de gordura nos glúteos. Esse procedimento normalmente acontece quando o paciente deseja aumentar o volume dos glúteos e em paralelo com a lipoaspiração. Para obter-se um resultado adequado, esse procedimento também deve ser feito por um especialista e em ambiente hospitalar.

Lipoaspiração Tradicional X Vibrolipo

A escolha da cânula é o principal diferencial para o tipo de lipoaspiração a ser realizada. Os procedimentos tradicionais fazem uso de uma cânula simples para aspiração da gordura, já na vibrolipo a cânula possui um mecanismo de vibração que facilita a penetração e retirada da gordura.

Na vibrolipo, os movimentos vibratórios facilitam a penetração no local da cirurgia, fazendo com que seja menor o esforço possibilitando que a gordura saia com menos trauma para a região. “Essa é a técnica utilizada em nossos procedimentos de lipoaspiração, pois devido ao menor trauma na região, há menor sangramento e também uma recuperação mais rápida para o paciente”, explica.

Como é o pós-operatório?

A lipoaspiração tem um pós-operatório que varia de paciente para paciente, mas em termos gerais, após o procedimento há edemas (inchaço) e equimoses (manchas roxas) na região em que houve a retirada de gordura. Em média, esses sintomas se resolvem sozinhos em até 21 dias, dependendo do caso.

É recomendado que o paciente também use uma cinta elástica por aproximadamente um mês e meio. A drenagem linfática e ultrassom também são importantes a partir do sétimo dia da cirurgia, pois ajudam a acelerar a recuperação, reduzir o inchaço e endurecimento.

É importante lembrar que na hora de decidir por uma cirurgia plástica, você precisa conversar com seu cirurgião para tirar qualquer dúvida que ainda reste. Ir para o centro cirúrgico com dúvidas pode ser muito prejudicial, e pior, não confiar no profissional que irá realizar o procedimento pode colocar em risco sua saúde. Marque sempre uma consulta e converse com seu médico.

O Dr Pablo Huber atende na Av. Silva Jardim, 3888, Curitiba/PR e os contatos são: telefone (41) 3095-2791 ou Whatsapp (41) 9186-2791.